Dissertações

Título da Dissertação: A CONSTRUÇÃO DISCURSIVA DA FEMINILIDADE EM PROPAGANDAS DE COSMÉTICOS
Nome do autor:
MARCIA RITA DOS SANTOS SALES
Nome do orientador:
Lícia Maria Bahia Heine
Banca:
Arquivo:
Data:
segunda-feira, 18 Abril, 2016 - 13:45
Resumo:

Orientada à luz da Análise de discurso desenvolvida por Pêcheux, a proposta desse trabalho é analisar a construção discursiva da feminilidade, historicamente marcada e determinada por posicionamentos ideológicos na propaganda de cosméticos. Nas sociedades modernas, é justamente esse setor de produtos um forte revelador de padrões estéticos impostos pela formação social capitalista. Influenciadas por tais posicionamentos evidenciados pela mídia, as mulheres são instadas a consumir produtos que lhes assegurem o corpo esguio, magro, a pele rejuvenescida e bem cuidada, o cabelo em tons e cortes modernos que lembrem as modelos e atrizes bem sucedidas deseus comerciais. A análise aqui faz pensar o discurso sobre a mulher nas propagandas de cosméticos, observando a relação entre língua e ideologia. Uma relação atestada pelo fato de que a língua(gem) não é transparente e, portanto, também os sentidos não o são. Isso porque, como o sujeito não é dono do seu dizer, faz-se mister considerar que o interdiscurso determina os sentidos de uma formação discursiva. Assim, será adotado o procedimento de ir e vir constante entre teoria, consulta ao corpus e análise, a fim de perceber como os sentidos sobre a feminilidade são constituídos nas propagandas que serão analisadas.


Abstract:

Oriented in light of the analysis of discourse developed by Pecheux, the purpose of this paper is to analyze the discursive construction of femininity, which is historically marked and determined by ideological positions in advertising cosmetics. In modern societies, it is precisely such sector of products that strongly reveals aesthetic standards imposed by the capitalist social formation. Influenced by such ideological positions evidenced by the media, women are encouraged to consume products which ensure the slender and slim body, rejuvenated and well-cared skin and modern hair colors and cuts that remind the successful models and actresses present in commercials. The analysis here in discuss the discourse on women in advertisements for cosmetics, taking into consideration the relationship between language and ideology. A relationship that is attested by the fact that language is not transparent and, therefore, neither are the senses. That's because, as the subject is not the master of her discourse, it is important to consider that interdiscourse determines the directions of a discursive formation. Thus, the procedure to be adopted shall be the constant turn-taking between theory, corpus consultation and analysis in order to understand how the meanings about femininity are made in the advertisements to be analyzed.


Título da Dissertação: OS GÊNEROS COMUNICATIVOS NA ESCOLA
Nome do autor:
MARÍLIA ROBERTA DA SILVA LEITE
Nome do orientador:
Simone Bueno Borges da Silva
Banca:
Arquivo:
Data:
segunda-feira, 18 Abril, 2016 - 13:45
Resumo:

A presente dissertação é o resultado de uma pesquisa que estudou os gêneros comunicativos na escola, considerando uma noção de língua que enquanto processo comunicativo envolve sujeitos situados historicamente, nesse caso alunos, pais e professores, direção e funcionários. Dessa forma, a pesquisa se insere na esfera de discussões acerca dos gêneros discursivos como processo da comunicação e como recurso para o ensino da língua. Inclui-se também no campo de estudo que entende que o gênero pertence a um contexto social e cultural. Nesta perspectiva, a escola foi observada como espaço de interação, onde os gêneros eram constituídos para atender aos objetivos comunicativos do sistema escolar e de seus participantes. Objetivamos, com a pesquisa, verificar quais os gêneros discursivos (orais, escritos ou virtuais) são produzidos na escola pública e na privada, para atender às demandas comunicativas entre direção/coordenação, professores, funcionários, pais e alunos do ensino médio. Como parte dos pressupostos teóricos, escolheu-se entender a língua a partir da perspectiva interacionista, pois estudar os gêneros, em grande medida, equivale a estudar a língua de um determinado grupo social. Com o desenvolvimento deste estudo, pretendeu-se responder as seguintes perguntas: 1. Quais gêneros comunicativos são utilizados nas relações sociais estabelecidas entre alunos, professores, direção, funcionários, pais e comunidade de uma escola pública e outra privada de uma cidade do interior da Bahia? 2. Quais desses gêneros são contemplados nas aulas de Língua Portuguesa das escolas, como instrumento de ensino? Para desenvolver o estudo partimos da compreensão de que a escola é um espaço de interação e, dessa forma, os gêneros estariam mediando as relações entre seus sujeitos através dos comunicados, ofícios, e-mail, rede social entre outros gêneros. Realizamos uma pesquisa qualitativa, interpretativista, de cunho etnográfico em duas escolas, quais sejam: Colégio Estadual Professor Edgard Santos (C1) e Colégio Viana (C2). O conjunto de dados foi composto por visitas de campo, aplicação de questionários, acompanhamento de redes sociais entrevistas e um conjunto de documentos composto por comunicados enviados pela escola, ofícios, contratos, carta de matrícula e e-mails. No intuito de discutir sobre os gêneros como mediadores da comunicação e a utilização dos gêneros no ensino de Língua, a pesquisa fundamentou-se nas reflexões de Bakhtin (2003[1951-1953]), Brait (2005, 2012, 2013), Rojo (2009 e 2014), Schneuwly e Dolz (2004), Marcuschi (2004 e 2008), Orientações Curriculares Nacionais (2006), Rodrigues (2005). Com os resultados, foi possível observar os modos particulares de comunicação nas duas escolas, uma pública e outra privada, em suas relações com os funcionários, pais, alunos e comunidade em geral. Observou-se, também, que os gêneros comunicativos que circulam na escola pouco são utilizados como instrumento de aprendizagem da língua.


Abstract:

This master thesis is a result of a research in which the communicative genres in the school wre studied, considering a notion of language that, as a communicative process, involve subjects historically situated. In this case, parents, teachers, administration and staff. Thereby, this research is included in the sphere of discussions on discoursive genres as a process of communication and as a resource to language teaching. It is also included in the field of study that understands the genre as belonging to a social and cultural context. In this perspective, the school was observed as a place of interaction, where the genres were constituted to meet communicative goals of the school system and its participants. As a part of theoretical assumptions, the sociointeractionist perspective was chosen to understand the language, for studying the genres, largely, is equivalent to studying the language of a determined social group. For the development of this study, we aimed at answering the following questions: What communicative genres are used in the social relations stablished among students, teachers, direction, staff, parents and community of a public school, as a teaching instrument? To develop this study, we started from the comprehension that the school is a place of interaction and, as such, the genres would be mediating the relations among the subjects through communications, official letters, e-mails, social network, among others. We conducted a qualitative and interpretative research, of ethnographic nature, in two schools, namely: the state school Professor Edgard Santos (S1) and Viana High School (S2). The set of data was composed by field visits, questionnaire applications, social networks monitoring, interviews and a set of documents composed by communications sent by the school, official letters, contracts, registration letter and e-mails. In the attempt of discussing the genres as mediators of communication and the using of genres in language teaching, this research was based on the reflections of Bakhtin (2003[1951-1953]), Brait (2005, 2012, 2013); Schneuwly & Dolz (2004), Rojo (2009 and 2014); Marcuschi (2004 and 2008), National Curriculum Guidelines (2000), Rodrigues (2005). From the results, it was possible to observe the particular ways of communication in two schools, one of them public and the other private, in their relations with the staff, parents, students and community in general. It was observed, as well, that the communicative genres that circulate on school are little used as a tool for language learning.


Título da Dissertação: GRAMÁTICA EM SALA DE AULA: COMO FICA O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA?
Nome do autor:
MIRELLA PATRICIA CHAVES LIMA
Nome do orientador:
Denise Chaves de Menezes Scheyerl
Banca:
Arquivo:
Data:
sexta-feira, 15 Abril, 2016 - 08:30
Resumo:

Como introduzir a gramática em sala de aula tem sido um ponto crucial nas discussões sobre ensino de línguas estrangeiras. Tradicionalmente, a instrução gramatical limitava-se às longas explicações sobre as estruturas linguísticas e à aplicação de exaustivos exercícios de fixação. Com o advento das pesquisas no campo da Linguística Aplicada, novas orientações foram surgindo a respeito do ensino de gramática. Nessa perspectiva, o estudo da gramática não mais se restringe a conhecer a estrutura da língua e a organizar frases desprovidas de sentido. Faz-se necessário que as formas linguísticas estejam atreladas ao sentido que expressam, bem como às funções comunicativas. Em observância a essa mudança de paradigma, este estudo tem o objetivo de investigar a abordagem de duas professoras de língua inglesa em relação ao ensino de gramática, bem como verificar se o seu contexto de atuação influencia na maneira como o professor aborda a gramática em suas aulas. Para este estudo, realizamos uma pesquisa qualitativa de cunho etnográfico, tendo como instrumentos de coleta de dados: a) um questionário, com o objetivo de coletar informações sobre o contexto de atuação das professoras; b) uma entrevista com roteiro estruturado, a fim de investigar como as professoras compreendem o ensino de gramática e conhecer a proposta metodológica por elas adotada e c) a observação presencial de aulas, com o intuito de verificar como as professoras lidam, na prática, com a instrução gramatical. As participantes do estudo são duas professoras atuantes em diferentes contextos de sala de aula, a saber, uma escola pública e um curso de idiomas. Os resultados obtidos apontaram que determinadas premissas concernentes ao discurso das professoras divergem significativamente de sua prática de ensino, como também indicaram a necessidade de se explorar mais consistentemente o significado e as funções comunicativas nas aulas de língua inglesa. Os dados revelaram também que determinados fatores, tais como número de aprendizes na turma, infraestrutura, tempo disponível para aulas e autonomia das professoras, interferem nos procedimentos adotados pelas professoras para conduzir o ensino da gramática nestes contextos específicos.


 


Abstract:

How to introduce grammar in the classroom has been crucial in discussions about foreign language teaching. Traditionally, grammar instruction was limited to long explanations about linguistic structures and application of exercises. With the advance of research in the field of applied linguistics, new orientations have emerged about the teaching of grammar. From this perspective, the study of grammar is no longer restricted to know the structure of the language and organize meaningless sentences. It is necessary that linguistic forms are linked to the meaning they express and their communicative functions. Observing this change of paradigm, this study aims to investigate the perspective of two English language teachers in relation to grammar teaching, and verify if the action context influences the way the teachers deal with grammar in their classes. For this study, we conducted a qualitative ethnographic research, using the following data collection instruments: a) a questionnaire, in order to gather information about the teachers’ context of performance; b) an interview with a structured script, in order to investigate how informants understand the teaching of grammar and know the methodological approach adopted by them and c) Classroom observation, in order to verify how the teachers deal in practice with grammatical instruction. The study’s participants are two teachers acting in different classroom contexts, namely, a public school and a language institute. The results showed that certain assumptions concerning the discourse of the teachers diverge significantly from their teaching practice. They indicated the need to explore more consistently the meaning and communicative functions in English classes. The data also revealed that certain factors such as number of learners in the classroom, infrastructure, available time for classes and teachers’ autonomy, interfere in the procedures adopted by the teachers to conduct the teaching of grammar in these specific contexts.


Título da Dissertação: O professor crítico-reflexivo de língua inglesa na contemporaneidade: do estágio à prática docente
Nome do autor:
MÔNICA VELOSO BORGES
Nome do orientador:
Domingos Sávio Pimentel Siqueira
Banca:
Arquivo:
Data:
sexta-feira, 15 Abril, 2016 - 08:15
Resumo:

Esta dissertação é resultado de uma pesquisa qualitativa de cunho etnográfico, realizada com professores em formação do quinto semestre da licenciatura em Língua Inglesa da UNEB, campus XIV, da cidade de Conceição do Coité. O objetivo principal deste trabalho é o de investigar como a reflexão crítica, atrelada à ação fomentadora de se pensar o ato de ensinar, alcança o aluno estagiário no âmbito da disciplina Estágio Supervisionado. A metodologia utilizada teve como instrumentos de pesquisa a análise dos regulamentos que regem a disciplina Estágio Supervisionado; as ementas e planejamentos do professor orientador; a observação de aulas dos futuros professores de língua inglesa; análise de entrevistas semiestruturadas e questionários realizados com os professores em formação. O uso da memória documental da disciplina Estágio Supervisionado me permitiu acompanhar em detalhes o fazer cotidiano dos estagiários na construção das estratégias metodológicas a serem aplicadas em sala de aula. No que se refere ao acompanhamento das aulas, a experiência me possibilitou identificar o comportamento dos estagiários diante dos desafios que se impõem na imprevisibilidade que constitui a dinâmica de uma prática escolar. Os dados da pesquisa foram nos revelando que os estagiários, independentemente de que tivessem ou não experiência prévia em sala de aula, apresentavam uma visível fragilidade na composição do plano de aula, em termos de reflexão crítica sobre seu fazer cotidiano. Por outro lado, à medida que o debate reflexivo, possibilitado pela disciplina Estágio Supervisionado, ia se legitimando, foi perceptível o impacto, entre eles, ainda de forma muito incipiente, tanto na reflexão teórica quanto na ação prática, À título de conclusão foi possível identificar, no processo de formação de futuros professores, o quanto a reflexão crítica se caracteriza como um elemento imprescindível. A reflexão crítica cumpre a função de desconstrução e ressignificação de valores, crenças e preconceitos, identificados nos estagiários e refletidos de maneira direta em sua prática profissional. Nesse contexto, a disciplina Estágio Supervisionado, acaba por transformar-se no instrumento de mediação por excelência do dialético encontro entre o conhecimento prévio do  estagiário e a construção de novos saberes. No fundo, o que realmente está em jogo é a possibilidade de realização de um trabalho que contemple como resultado final a melhor qualificação dos futuros profissionais de língua inglesa.


Abstract:

This is the result of a qualitative ethnographic research, carried out with teachers in training attending the fifth semester of the Undergraduate English Language at UNEB Campus XIV, in the town of Conceição do Coité. The main objective of this study is to investigate how critical reflection, linked to a fomenting action of thinking the act of teaching, reaches the intern student within the Supervised Internship discipline. The metodology used had as instruments of research the analysis the regulations governing the Supervised Internship discipline; the summaries and planning of the mentor teacher; class observation of future English language teachers; analysis of semistructured interviews and questionnaires answered by teachers in training. The use of documentation from the Supervised Internship Discipline, allowed me to perceive in detail the daily tasks of the trainees in their construction of methodological strategies to be applied in their classes. The experience of class observation enabled me to identify the behavior of trainees towards the challenges imposed on the unpredictability that is the dynamics of a school practice. The survey data revealed that, regardless of whether trainees had had some prior experience in the classroom, they had a tangible weakness in the lesson planning, concerning critical reflection about their daily tasks. On the other hand, it was noticeable among them the impact on both the theoretical reflection as in practical actions, as the reflective debate made possible by the Supervised Internship discipline would be legitimizing. In conclusion, it was possible to identify how critical thinking is characterized as an essential element in the formation of future teachers. Critical reflection fulfills the function deconstruction and redefinition of values, beliefs and prejudices, identified the trainees and reflected in a direct way in their professional practice. In this context, Supervised Internship discipline ultimately becomes a mediation tool for excellence of dialectical encounter between the prior knowledge of the intern and the construction of new knowledge. What really is at stake, after all it is the possibility of carrying out a work that contemplates the final result the best qualification of future English language professionals.


Título da Dissertação: O ENSINO DE INGLÊS COMO LÍNGUA DESNACIONALIZADA E A DIMENSÃO CULTURAL: A VISÃO DE PROFESSORES FORMADORES
Nome do autor:
POLYANNA CASTRO ROCHA ALVES
Nome do orientador:
Domingos Sávio Pimentel Siqueira SALVADOR 2015
Banca:
Arquivo:
Data:
sexta-feira, 15 Abril, 2016 - 08:15
Resumo:

A difusão do inglês pelos quatro cantos do planeta tem colocado em discussão a forma como a língua tem sido tratada em sala de aula. Novas perspectivas de ensino devem ser consideradas posto que, ao avançar na sua viagem pelo mundo, o inglês se torna cada vez mais plural e não mais se prende às normas da língua e cultura dos tradicionais falantes nativos. Dado o novo papel da Língua Inglesa (LI) na contemporaneidade, este trabalho busca investigar de que forma a sua condição de língua franca global, dentro de um construto teórico em pleno desenvolvimento, e as questões concernentes à adoção de uma abordagem intercultural de ensino são compreendidas e materializadas pelos professores formadores do curso de Letras/Inglês da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Campus VI, em Caetité/BA, uma vez que são eles que impulsionam as mudanças nos cursos de formação e que influenciam as decisões de futuros professores. A literatura utilizada para embasar e direcionar a pesquisa está fundamentada em trabalhos de pesquisadores afiliados aos recentes estudos sobre o Inglês como Língua Franca (ILF) como Seidlhofer (2004, 2011), Jenkins (2006, 2007, 2009), Widdowson (1994, 2012), Siqueira (2005, 2008, 2011, 2012), Sifakis (2014), El Kadri e Gimenez (2013), além de outros reconhecidamente voltados para a área dos estudos interculturais como Kramsch (1993, 2004), Byram (1997), Mckay (2002), Baker (2009, 2011, 2012, 2015), Mendes (2007, 2008), só para citar alguns. Para a coleta de dados, foi aplicado um questionário aos quatro docentes que atuam com o ensino de LI no curso de Letras/Inglês da UNEB, Campus VI, nos níveis básico, intermediário e avançado. Além disso, com o intuito de melhor discutir as questões levantadas, foram observadas quatro aulas de cada um dos professores pesquisados e realizada uma entrevista semiestruturada com todos os participantes. Por fim, para servir de fonte complementar de informações, também fez parte da tarefa de levantamento de dados uma análise documental acerca do currículo do curso. Os dados foram analisados a partir de um estudo pautado no paradigma qualitativo de cunho etnográfico. No que se refere aos resultados obtidos, foi possível observar que os professores formadores pesquisados apresentam certa dificuldade ao traduzir as suas representações sobre o ILF e sobre a interculturalidade para a realidade da sala de aula. Todavia, os participantes mostraram-se dispostos em tornar tais questões mais centrais no processo de ensino e aprendizagem da língua e a empenhar esforços para que os futuros professores de inglês formados na instituição em pauta estejam melhor preparados para as demandas pedagógicas atuais e, consequentemente, mais conscientes do real significado de ser professor de uma língua franca global.


Abstract:

The spread of English into four corners of the planet has called into question the way the language has been taught in the classroom. New teaching perspectives should be considered since, while it travels around the world, English is becoming more plural and no longer follows the rules of traditional native speakers‟ language and culture. Given the new role of the English Language in contemporaneity, this work investigates how its condition as a global lingua franca, within a theoretical basis in full development, and issues concerning the adoption of an intercultural approach to teaching are understood and materialized by teacher educators of a Letters/English course at the State University of Bahia (UNEB), Campus VI, in Caetité/BA, since they are the ones who set changes forth in training courses and influence future teachers decisions. The literature used to support and direct this research is based on works of researchers affiliated with recent studies about English as a Lingua Franca (ELF) as Seidlhofer (2004, 2011), Jenkins (2006, 2007, 2009), Widdowson (1994, 2012), Siqueira (2005, 2008, 2011, 2012), Sifakis (2014), El Kadri e Gimenez (2013), besides others admittedly focused on the area of intercultural studies as Kramsch (1993, 2004), Byram (1997), Mckay (2002), Baker (2009, 2011, 2012, 2015), Mendes (2007, 2008), to name a few. To collect data, a questionnaire was applied to four English language teachers of Letters/English course at UNEB, Campus VI, in basic, intermediate and advanced levels. In addition, to better discuss the issues that were raised, four classes of each surveyed teachers were observed and one semi-structured interview was carried out with all participants. Finally, to serve as a complementary source of information, a documentary analysis on the course curriculum was also an important part of the data collection task. Data were analyzed based on a study guided by the qualitative paradigm of ethnographic nature. With regard to the results, it was observed that the informants have some difficulties in translating their representations on ELF and interculturality to classroom reality. However, participants were willing to turn such issues more central in language teaching/learning process and to make reasonable efforts so that future English teachers of the referred institution become better prepared for current educational demands and consequently more aware of the real meaning of being a global lingua franca teacher.


Título da Dissertação: A AMÉRICA LATINA E SUAS IDENTIDADES NO IMAGINÁRIO DE PROFESSORES DE ESPANHOL EM FORMAÇÃO
Nome do autor:
SAMYLLE BOMFIM SOUZA
Nome do orientador:
Marcia Paraquett Fernandes
Banca:
Arquivo:
Data:
sexta-feira, 15 Abril, 2016 - 08:00
Resumo:

Neste estudo de cunho qualitativo, o principal objetivo é conhecer as ideias de professores em formação do curso de Licenciatura em Letras-Língua espanhola da Universidade Federal da Bahia sobre a América Latina e as suas identidades. Para tal, selecionei oito informantes, todas alunas concluintes do referido curso do ano de 2014, as quais responderam a um questionário misto de seis quesitos. Além disso, analisei as ementas e conteúdos programáticos das disciplinas obrigatórias do curso, a fim de observar se nestes havia alguma referência ao tema da pesquisa, a saber: América Latina, suas culturas e identidades. A base teórica se dividiu em três partes: para tratar da definição de América Latina, me fundamentei nas pesquisas de Figueiredo (2010), Reis (2009) e Pizarro (2006); para a compreensão da teoria das identidades, recorri aos pesquisadores da área de Estudos Culturais: Hall (2000, 2006a, 2006b), Woodward (2000) e Silva (2000). No concernente às identidades latino-americanas, busquei inter-relacionar aspectos históricos, sociais, políticos e culturais que, muitas vezes, implicaram uma redefinição dessas identidades. Por fim, ao tratar da importância das questões culturais e identitárias na formação docente, recorri aos documentos oficiais, como os Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio – PCNEM (2000) e as Orientações Curriculares para o Ensino Médio – OCEM (2006), além dos aportes sobre currículo, de Torres Santomé (2000) e Silva (2000). E, ainda, os direcionamentos de uma abordagem intercultural, propostos por Aguado (2008), Mendes (2007, 2008) e Paraquett (2010, 2011). Ao final, sintetizei os resultados obtidos, dando ênfase àqueles de maior relevância, evidenciando, com isso, como as perguntas da pesquisa foram respondidas e, consequentemente, se foram atingidos os objetivos propostos. Os resultados revelaram a importância de uma formação docente que enfatize as relações interculturais e identitárias presentes no ensino-aprendizagem de língua estrangeira, mais especificamente da língua espanhola.


Abstract:

En esta investigación cualitativa el principal objetivo es conocer las ideas de profesores en formación del curso de Licenciatura em Letras: Língua espanhola de la Universidade Federal da Bahia con respecto a América Latina y sus identidades. Para ello, elegí ocho informantes, todas estudiantes de dicho curso en su año de conclusión, las cuales contestaron a un cuestionario mixto de seis ítems. Además, he analizado las ementas y los contenidos del programa de las asignaturas obligatorias del curso para observar si en ellos había alguna referencia al tema: América Latina, sus culturas e identidades. La base teórica se dividió en tres partes: para tratar de la definición de América Latina me basé en las investigaciones de Figueiredo (2010), Reis (2009) y Pizarro (2006); para la comprensión de la teoría de las identidades, recurrí a los trabajos de los investigadores del área de los Estudios Culturales: Hall (2000, 2006a, 2006b), Woodward (2000) y Silva (2000). En lo concerniente a las identidades latinoamericanas, busqué interrelacionar rasgos históricos, sociales, políticos y culturales que, por muchas veces, implicaron en una redefinición de esta identidad. Por fin, al tratar de la importancia de las cuestiones culturales e identitarias en la formación docente, recurrí a los documentos oficiales, como los Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio – PCNEM (2000) y las Orientações Curriculares para o Ensino Médio – OCEM (2006), además de los aportes sobre currículo de Torres Santomé (2000) y Silva (2000) y, también, las directrices de un abordaje intercultural, propuestas por Aguado (2008), Mendes (2007, 2008) y Paraquett (2010, 2011). Al final, congregué todos los resultados, dando énfasis a aquellos de mayor relevancia, evidenciando como las cuestiones de investigación fueron contestadas y, consecuentemente, si he logrado cumplir con los objetivos. Los resultados revelaron la importancia de una formación docente que enfatice las relaciones interculturales e identitárias presentes en la enseñanza y aprendizaje de lenguas extranjeras, específicamente, la lengua española.


Título da Dissertação: VARIAÇÃO NA CONCORDÂNCIA VERBAL NO PORTUGUÊS DA COMUNIDADE DE ALMOXARIFE, SÃO TOMÉ (ÁFRICA)
Nome do autor:
THAMIRIS SANTANA COELHO
Nome do orientador:
Alan Norman Baxter
Banca:
Arquivo:
Data:
sexta-feira, 15 Abril, 2016 - 08:00
Resumo:

Esta dissertação estuda a variação na concordância verbal junto à primeira pessoa do plural (P4) do português falado na comunidade Almoxarife (PA), localizada em São Tomé, na África, com o objetivo de discutir o status sociolinguístico dessa variedade africana do português no âmbito da Sociolinguística Variacionista Laboviana. A discussão de estudos anteriores sobre a variável de P4 em variedades do Português Brasileiro (PB), fornece a matriz teórico-metodológica para o presente estudo, além dos pontos de comparação para os resultados da análise eventual. Parte-se do princípio de que as referidas variedades da língua portuguesa caracterizam-se por uma redução na sua morfologia flexional, motivada pelo contato entre línguas e os processos de aquisição de segunda língua. Acredita-se, portanto, que os fatores sociais, a história e os aspectos relacionados com a Gramática Universal fizeram emergir na comunidade de Almoxarife uma variedade de português reestruturado. Na análise dos dados, o estudo recorre ao pacote estatístico GoldVarb (2001), que permite identificar as variáveis linguísticas e extralinguísticas que influenciam a concordância P4 nessa variedade de português. Foram analisadas 18 entrevistas, sendo 9 de informantes do sexo masculino e 9 do sexo feminino. Constatou-se que a regra de concordância verbal de primeira pessoa do plural é aplicada numa frequência de 73, 6% contra 26, 4% de não concordância nos dados encontrados, contrariando a hipótese geral de que os falantes fariam pouco uso das marcas de plural nos verbos. Em relação à gramática da comunidade, a análise quantitativa revelou que a concordância P4 é mais empregada quando o sujeito não é realizado e quando a diferença morfofonológica entre o singular e o plural do verbo é mais saliente. Desde a perspectiva do encaixamento social da variação, os dados revelaram que os mais jovens aplicaram mais a regra de concordância enquanto que os homens tendem a realizar mais a concordância do que as mulheres. A comparação dos resultados com os dos estudos brasileiros permitiu concluir que o PA, que tem como substrato o crioulo santome, manifesta padrões de variação semelhantes àquelas de variedades do PB, que surgiram de uma situação de contato entre o português e línguas africanas, e de transmissão linguística irregular.


Abstract:

This dissertation studies variation in verbal agreement in the first-person plural (P4) of the Portuguese spoken in the Almoxarife community (PA), located in São Tomé, Africa. The purpose is to discuss the sociolinguistic status of this characteristic of this variety of African Portuguese within the framework of Labovian Variationist Sociolinguistics. A discussion of previous studies on the P4 variable in varieties of Brazilian Portuguese (BP) are discussed, provides the theoretical end methodological matrix for the present study, as well as points of comparison for the results of the eventual analysis. The study is based on the premise that these varieties of Portuguese are characterized by a reduction in inflectional morphology, caused by language contact and second language acquisition. As such, it is assumed that social and historical factors, and aspects of Universal Grammar resulted in the emergence of a variety of restructured Portuguese in the Almoxarife community. Forthe data analysis, the study uses the GoldVarb (2001) statistical package, which permits identification of the linguistic and extralinguistic variables that influence P4 agreement in this variety of Portuguese. 18 interviews were analyzed: 9 of male respondents and 9 of females. It was found that verb agreement rule of first person plural is applied at a frequency of 73, 6% in contrast with a non-application frequency of 26, 4%, contrary to the general hypothesis adopted in the study, that the speakers would make little use of plural agreement on the verb. In relation to the community grammar, the quantitative analysis revealed that P4 agreement is most favoured when the subject is absent and when the morphophonological difference between the singular and plural forms of verb is most salient. With regard to the social embedding of the variation, the data revealed that younger speakers most favoured the agreement rule while, in general, the men favoured the rule more than did the women. Comparison of the results with those of Brazilian studies revealed that PA, which has São Tomé Creole Portuguese as its substrate , displays patterns of variation similar to thos found in varieties of BP, the latter being linguistic varieties which emerged from a situation of contact between Portuguese and African languages, and through irregular language transmission.


Título da Dissertação: A PREFIXAÇÃO NA PRIMEIRA FASE DO PORTUGUÊS ARCAICO: DESCRIÇÃO E ESTUDO SEMÂNTICO-MORFOLEXICAL-ETIMOLÓGICO DO PARADIGMA PREFIXAL DA LÍNGUA PORTUGUESA NOS SÉCULOS XII, XIII E XIV
Nome do autor:
Maílson dos Santos Lopes
Nome do orientador:
Juliana Soledade
Banca:
Arquivo:
Data:
quinta-feira, 5 Novembro, 2015 - 09:30
Resumo:
Abstract:
Título da Dissertação: MONITOR EDUCACIONAL (TV PENDRIVE): A TECNOLOGIA NAS AULAS DE LÍNGUA INGLESA DA ESCOLA PÚBLICA
Nome do autor:
ROBERTA PEREIRA PEIXOTO
Nome do orientador:
Prof. Dr. Domingos Sávio Pimentel Siqueira
Banca:
Arquivo:
Data:
quarta-feira, 21 Outubro, 2015 - 18:30
Resumo:
Abstract:
Título da Dissertação: TOPÔNIMOS NO SUL DA BAHIA: NOMINAÇÕES DOS MUNICÍPIOS ORIGINADOS DA CAPITANIA HEREDITÁRIA DE SÃO JORGE DOS ILHEUS (1950 a 1960)
Nome do autor:
HARMENSZ VAN RIN MORAIS DE ASSIS
Nome do orientador:
Profª. Drª. Célia Marques Telles
Banca:
Arquivo:
Data:
quarta-feira, 21 Outubro, 2015 - 18:30
Resumo:
Abstract:

Páginas