Nuestra historia

Pós-Graduação em Letras e Linguística tem origem no Curso de Mestrado em Letras, que começou a funcionar em 1976, sob autorização da Câmara de Ensino de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal da Bahia (Parecer n° 17/76) e concentrado nas áreas de Língua Portuguesa, Linguística e Teoria da Literatura.

Em 1983, o então Curso de Mestrado em Letras da UFBA foi credenciado no Conselho Federal de Educação (Parecer n° 416/83), o que permitiu seu funcionamento pleno e reconhecimento em todo o território nacional. Em julho de 1988, o Curso apresentou Relatório ao Conselho Federal de Educação objetivando seu recredenciamento, obtido em março de 1990 (Parecer n° 307/90).

O Curso de Mestrado em Letras, após sucessivas avaliações por parte da CAPES, passou por uma reestruturação entre 1992 e 1994. Ao fim deste período, um plano de reformulação do Curso foi apresentado à CAPES, iniciando o seu processo de integração ao então Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística (PPGLL).

Em 1996, esse processo resultou na divisão do Programa em três áreas de concentração (Linguística Histórica, Linguística Aplicada e Teoria e Crítica da Literatura e da Cultura), com seleção anual, assim como na compactação da grade curricular do curso e oferta maior de disciplinas. Neste mesmo ano, ocorreu a reformulação do Mestrado e a consequente implantação do Doutorado, caracterizando-se por uma estrutura flexível e permeável, de modo a ultrapassar a territorialização disciplinar. Assim, após uma reestruturação curricular importante, privilegiou-se, então um a perspectiva transdisciplinar, o que permitiu uma profícua interação do PPGLL com outros programas de Pós-Graduação da UFBA na área de Ciências Humanas e com outras IES do Estado da Bahia e de outros Estados.

Buscou-se também uma melhor integração entre ensino e pesquisa, entre orientando e orientador, entre a Pós-Graduação e a Graduação, com a revisão da disciplinaridade tradicional e institucionalizada e proposição de novas áreas estreitamente vinculadas às atividades de pesquisa mais sedimentadas e produtivas, desenvolvidas pelo corpo docente permanente do Curso.

O Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística (PPGLL) englobou os antigos cursos de Especialização em Língua e Literatura Vernáculas e em Tradução, oferecendo também um Curso de Especialização em Estudos Linguísticos e Literários. Além desses, havia uma Habilitação em Língua Estrangeira e Proficiência em Língua Portuguesa, que atendia aos programas de pós-graduação da Universidade Federal da Bahia, através da oferta de disciplinas e exames de língua estrangeira (LE) e de língua portuguesa (L2). 

Em 2009, após ter completado 33 anos de funcionamento, o Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística, dando continuidade às ações para consolidar as áreas e as linhas de pesquisa, sem perder de vista a necessária abertura para os novos paradigmas no âmbito dos estudos da linguagem, assim como as crescentes demandas de recursos humanos qualificados em seu contexto regional, entrou em um processo importante de futura reformulação. Sendo assim, por conta da dimensão alcançada pelo Programa, a Comissão de Avaliação trienal da CAPES sugeriu a divisão do PPGLL em dois programas distintos, a partir de estudos anteriores que levaram à proposta de desmembramento, com implantação prevista para 2010.

Desta forma, em janeiro de 2009, foi aprovada pela Câmara de Pós-Graduação e Pesquisa e pelo CONSEPE da UFBA a reestruturação do PPGLL, com a criação de dois novos programas: LÍNGUA E CULTURA e LITERATURA E CULTURA, nos quais, dentre outras coisas, se buscou preservar as qualidades apontadas no antigo PPGLL e uma maior abrangência no tocante aos estudos em áreas emergentes.