A1 – Lines: Current Professors

Linhas de Pesquisa:

I - Constituição Histórica do Português e das demais Línguas Românicas
Reúne dados para o estudo da história da língua portuguesa ou de qualquer uma das línguas românicas, contribuindo com novas informações e interpretações para a construção de uma história renovada dessas línguas. No caso da língua portuguesa, o campo de observação se concentra no período arcaico e, do século XVI em diante, inflete preferencialmente para a formação e funcionamento do português brasileiro. No âmbito das demais línguas românicas, os estudos são afetos, em especial, às línguas oficiais (espanhol, galego, francês e italiano) e ao antigo provençal literário. As análises se concentram em um ou mais níveis: grafemático,fonológico, morfossintático, lexical e discursivo.
 
TEMAS DE PESQUISA e PROFESSORES RESPONSÁVEIS
a) Formação da Língua portuguesa
 
1. Funcionalismo e gramaticalização em perspectiva histórica
    Emília Helena Portella Monteiro de Souza
   

2. História social e linguística do Brasil
    Tânia Conceição Freire Lobo
    Emília Helena Portella Monteiro de Souza
    José Amarante Sobrinho

4. Léxico e morfologia em perspectiva histórica e/ou sincrônica
    Américo Venâncio Lopes Machado Filho
    Ariadne Domingues Almeida
    Juliana Soledade
 
b) Formação das demais línguas românicas
1. A Língua nos anos quinhentos
    Célia Marques Telles
    
2. Estudos em Lexicografia românica
    Célia Marques Telles 
    Risonete Batista de Souza
    Ariadne Domingues Almeida

3. Estudos em Semântica
    Ariadne Domingues Almeida
 
 
4. Teorias sobre a organização e o funcionamento do léxico. Processos de formação e de compreensão /interpretação de itens lexicais
    Ariadne Domingues Almeida
 
II – Filologia Textual
Compreende-se aqui a crítica textual tradicional, sempre voltada ao manuscrito como documento de língua. Ao se considerar que o processo que se acha na base da investigação filológica é o fazer-se o texto (no caminho percorrido entre a expressão do pensamento e o uso da língua, constroi-se o texto com o uso de uma linguagem) tem-se como resultado a proposta de, a partir da interface entre as duas vertentes da investigação filológica (a mudança linguística e a crítica textual), se tomarem os documentos escritos da língua na perspectiva de permitir a análise histórica dos fatos lingüísticos partindo dos elementos documentados nos textos. Uma vez que o estudo das línguas e dos dialetos faça parte da linguística e a filologia, no sentido próprio da palavra, incida sobretudo na análise dos textos, nenhuma pesquisa filológica pode prescindir do conhecimento linguístico.
 
TEMAS DE PESQUISA e PROFESSORES RESPONSÁVEIS
1. Edição de textos portugueses quinhentistas da literatura de viagens
    Célia Marques Telles
    

2. Edição semidiplomática de textos notariais dos séculos XVIII e XIX
    Célia Marques Telles
    Alicia Duhá Lose

3. Edição de textos antigos, sobretudo do período arcaico do português, com estudo linguístico e/ou glossário.
    Américo Venâncio Lopes Machado Filho

4. Edição de textos do português colonial e pós-colonial, com estudo linguístico. Constituição histórica do chamado português popular brasileiro
    Tânia Conceição Freire Lobo
 
5. Edição de textos do português arcaico
    Américo Venâncio Lopes Machado Filho
 
III – História da Cultura Escrita no Brasil
Estudo das práticas de leitura e escrita, em espaços institucionais e extrainstitucionais, nas várias etapas da história do Brasil, focalizando as particularidades de produção e apropriação dos textos e suas características formais, bem como os usos sociais e o desenvolvimento da cultura letrada no Brasil. Programaticamente, a pesquisa e seus objetos se definem em perspectiva teórico-metodológica interdisciplinar, acolhendo fontes oficiais e não-oficiais.
 
TEMAS DE PESQUISA e PROFESSORES RESPONSÁVEIS
1. Medição de níveis de alfabetismo na história do Brasil
  Tânia Conceição Freire Lobo

2. Escritas ordinárias e de foro privado na história do Brasil
   
   Tânia Conceição Freire Lobo

3. Prospecção de acervos escritos de Irmandades Negras, de Mestiços e de Terreiros de Candomblé no Brasil
   Tânia Conceição Freire Lobo

4. A escrita do nome próprio de pessoa na história do Brasil: os nomes dos africanos, índios e seus descendentes
   Tânia Conceição Freire Lobo

5. História da cultura escrita das línguas clássicas no Brasil
    Tânia Conceição Freire Lobo

6. O estudo da língua portuguesa e o fator escolarização em perspectiva histórica
   Emília Helena Portella Monteiro de Souza

7. História das manifestações gráficas híbridas no Brasil
    José Amarante Sobrinho
 
IV – Variação da Língua Portuguesa e Teoria da Gramática
Análise da variação espacial e social no Brasil e análise gramatical comparativa envolvendo o português, bem como as situações de contato entre línguas. A análise da variação espacial desenvolve-se dentro dos princípios da Geolingüística Pluridimensional Contemporânea, tendo como projeto principal a elaboração de um Atlas Lingüístico do Brasil. A análise da variação social, com a abordagem da Sociolingüística Variacionista, tem por objeto as normas sociais do português do Brasil, destacando-se, por um lado, o Projeto de Estudo da Norma Linguística Urbana Culta (NURC) e, por outro, o Projeto Vertentes do Português Popular do Estado da Bahia, que se ocupa, tanto das variedades populares do interior do Estado (incluindo as falas das comunidades rurais afrobrasileiras isoladas), quanto do português popular da cidade de Salvador. Numa abordagem sócio-histórica da formação do português popular do Brasil, o contato do português com as línguas africanas e indígenas ocupa uma posição central. As análises gramaticais comparativas envolvendo o português, que compreendem as análises de sintaxe comparada entre variedades dialetais do português e outras línguas humanas, são desenvolvidas dentro da abordagem da Gramática Gerativa; situações de contato entre línguas também se incluem no objeto das análises gramaticais comparativas.
 
TEMAS DE PESQUISA e PROFESSORES RESPONSÁVEIS
a) Variação da Língua Portuguesa
1. Contato entre línguas na formação do português do Brasil. Análise sociolinguística do português popular do Estado da Bahia, no nível da morfossintaxe
    Dante Lucchesi
    Alan Baxter 

2. Elaboração de Atlas linguísticos. Análises dialetológicas do português do Brasil
    Suzana Cardoso
    Silvana Soares Costa Ribeiro

3. Elaboração de Atlas linguísticos. Analise variacionista de dialetos rurais e urbanos. Estudo da variação diatópica do português do Brasil
    Jacyra Mota
    Marcela Torres Paim
    Silvana Soares Costa Ribeiro
 
4. Lexicografia histórico-variacional/dicionários dialetais
 
     Américo Venâncio Lopes Machado Filho
 
b) Teoria da Gramática
1. Teorias sobre a estruturação sintática das línguas humanas. Sintaxe do português. Estudos de sintaxe comparada. Aquisição e mudança sintáticas
    
    Danniel Carvalho
    Edivalda Araújo
    Maria Cristina Figueiredo